• Fernando Fontana

A Composição da Personagem

Por Florence Manoel

A Composição da Personagem


Eu sou do corpo pra dentro. Um pedacinho do céu. De quem entende a beleza que existe no breu.


(A gente merece aquilo que tem coragem de buscar)


A personagem (uma anti-heroína)


Resolvi escrever quando me senti mais abandonada. Sempre me perguntavam, mas não tinha me dado conta que era assim - durante todas as mortes que me acompanharam. Escrever sempre foi resistência. E comecei a escrever quando a vida me faltava.


Talvez, se vivesse em outros tempos, não estivesse escrevendo, embora o exercício da escrita me pareça vital. Apenas peço que se atentem a isso e possibilitem que eu escreva meus versos quando todas as outras coisas chegarem ao fim.


Quero que saibam que estou verdadeiramente me afastando das ideias suicidas porque percebi que, como minha avó, posso suportar. Posso estar isolada e secretamente feliz - já que não preciso mais lidar com a insignificância das pessoas.


Sim, essa personagem sou eu. E ela nasce de todas as pessoas com quem compartilhei relacionamentos decisivos para me tornar quem sou. E eu não sei se gosto de quem sou.

----------------------------------------------------------

Florence é uma força da natureza, como um furação ou um tsunami, não dá para prever o que fará logo em seguida.


É literatura tarja preta, Bukowski de saias, ou o velho safado era ela com calças?


Mentira, os dois estão nus, as roupas só atrapalham.


Leia sem moderação!


florencemanoel@hotmail.com


17 visualizações

Facebook

  • Facebook Social Icon

© 2019 por FERNANDO FONTANA Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now