• Fernando Fontana

A Ilha das Flores

Atualizado: 11 de Ago de 2019

Notas de um Velho Tapado - Capítulo III











Você não é livre!


É óbvio pra cacete, eu sei, mas a gente esquece o óbvio porque está ocupado tentando ganhar a vida, porque essa é a regra do jogo no qual te colocaram sem terem a decência de perguntar se você queria participar.


Assim que comprou algo e decidiu que precisava daquilo para viver, o sistema te pegou pelas bolas.


São seis da manhã, você acabou de acordar e está sentado na cama, gosto amargo na boca, as costas doendo para te lembrar que a velhice está batendo na porta. Engole um pedaço de pão molhado em café preto e o jornal vomita más notícias intercaladas com uma receita de bolo de laranja, ótima maneira de começar o dia.


Nas ruas encharcadas de sangue, milhões de desempregados saltam os cadáveres para implorar por uma chance, e você tem medo de se tornar um deles, cadáver ou desempregado.


O patrão chama para uma conversa e teu estômago vira do avesso, mas ainda não foi dessa vez, então você trabalha o dobro, o triplo se for necessário, sem hora extra, sem reclamar, e sorri, porque tem um salário no começo do mês, contas para pagar e uma fila de pessoas prontas para trabalhar pela metade do que você ganha.


Uma vida inteira esperando pelo final de semana e pelo resultado da loteria.


Dá para fugir, mas a liberdade que te espera é a liberdade da Ilha das Flores, sem dono, sem dinheiro e comendo os tomates podres que os porcos rejeitaram.


Você não quer e eu não te culpo.


Os humilhados serão exaltados, mas não hoje, tenham paciência.


Imagine só os humilhados perdendo a paciência e decidindo não aturar mais toda essa merda. Pensa só, eles tacando fogo nesse puteiro.


Os canalhas que se dizem nossos representantes, mas que vem nos fodendo desde que Cabral pisou nesse chão, fugindo com o rabo entre as pernas, enquanto seus prédios imponentes são transformados em cinzas.


Sorria, meu velho, amanhã é sábado.

--------------------------------------------------------------

Este velho não possui ensino superior, não acumulou conhecimento ou sabedoria que lhe credencie a dar conselhos; escreve não porque seja bom escritor ou porque queira, mas porque precisa, porque é o vício mais difícil de largar.


7 visualizações

Facebook

  • Facebook Social Icon

© 2019 por FERNANDO FONTANA Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now