• Fernando Fontana

The Death of Superman Lives

O que aconteceu com o filme onde Nicolas Cage seria o Superman?

Você pode não saber, mas em 1998, por muito pouco, não tiveram início as filmagens de um filme do Superman dirigido por Tim Burton, onde o herói seria interpretado por, acredite se quiser, Nicolas Cage.


O roteiro seria vagamente baseado na história "A Morte do Superman", publicada no início dos anos 90 pela DC Comics, e responsável por alavancar as vendas do personagem.


Parece loucura, mas sim, esse filme quase existiu e o documentário "The Death of Superman Lives - What Happened?", através de entrevistas com os inúmeros envolvidos na produção, procura responder qual a razão para seu cancelamento e como ele poderia ter sido, caso fosse realmente filmado.

Nicolas Cage com Uniforme e Peruca

Uma figura chave para compreender o quão bizarro este filme poderia ter sido é o produtor Jon Peters, que já havia trabalhado com Burton nos dois filmes do Batman, conhecido por seu ego e temperamento.


Peters fazia questão de interferir no projeto e tinha a própria visão sobre como deveria ser o novo Superman. Algo completamente diferente do Homem de Aço interpretado por Christopher Reeve nos quatro filmes anteriores.


Diferente não é necessariamente ruim, um dos grandes pecados de Superman - O Retorno (2006), dirigido por Bryan Singer, foi praticamente copiar o roteiro do filme de 1978, dirigido por Richard Donner. O outro pecado foi a ausência de ação, já que Kevin Spacey reprisou o Luthor de Gene Hackman e o maior confronto do herói foi com uma ilha.


Acontece que entre as "geniais" ideias de Peters estavam Ursos Polares protegendo a Fortaleza da Solidão e uma estranha obsessão por fazer Superman confrontar uma Aranha Gigante no terceiro ato do filme.

Tim Burton e Nicolas Cage testando um dos muitos trajes

Sim, você leu direito, uma Aranha Gigante.


O primeiro roteiro de Kevin Smith, bastante fiel aos quadrinhos, foi rejeitado. Enquanto isso, a produção continuava seus esforços para encontrar um uniforme que agradasse, já que estava definido que o tradicional dos quadrinhos não seria utilizado.


Sandra Bullock foi cogitada para viver Lois Lane e Chris Rock seria Jimmy Olsen.


Outros dois roteiros foram apresentados, mas nenhum deles foi filmado, isto porque a Warner, faltando poucas semanas para o início das filmagens, cancelou o projeto, demitindo todos os envolvidos.


Entre os motivos para o cancelamento estava o fato de que a Warner não estava nem um pouco disposta a arriscar um orçamento elevado (algo em torno de 300 milhões de dólares) em um filme de super-herói, após o fracasso de público e crítica de Batman e Robin (1997) do diretor Joel Schumacher.


Eu sei que pode parecer estranho, mas eu fiquei realmente curioso para saber como seria esse filme, apesar de haver boas razões para acreditarmos que seria uma bomba. Nicolas Cage certamente estava empolgado com a chance de viver o Kryptoniano.


Caso tenha ficado curioso, segue o trailer do documentário "The Death of Superman Lives"


22 visualizações1 comentário

Facebook

  • Facebook Social Icon

© 2019 por FERNANDO FONTANA Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now